ADUFPEL - Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pelotas

Logo e Menu de Navegação

Andes Sindicato Nacional
A- A+

Not��cia

Nota da diretoria da ADUFPel sobre a intervenção na reitoria da UFPel

A publicação do Diário Oficial da União na madrugada de hoje (6/1) explicitou mais uma vez o caráter autoritário e proto-fascista do governo Bolsonaro. A nomeação da professora Isabela Fernandes Andrade para reitora da UFPel representa um verdadeiro golpe à democracia e um ataque frontal à autonomia da Universidade e à comunidade universitária da UFPel, que elegeu, por maioria, o professor Paulo Roberto Ferreira Júnior como reitor e a professora Úrsula Silva como vice-reitora.


O caráter obrigatório da intervenção está dado. Em reunião na tarde desta quarta-feira atendendo convite do atual reitor, da qual participaram também integrantes do grupo UFPel Diversa - incluindo o reitor eleito, e as entidades representativas das categorias docente, dos TAEs e discente - ficou explicitada a intenção do reitor eleito e sua vice (com apoio da gestão UFPEL Diferente) de receber a decisão antidemocrática do governo e concordar que a professora Isabela assuma como reitora.


A ADUFPel-SSind, historicamente comprometida com os preceitos democráticos e de autonomia das IFES, repudia mais esta intervenção do governo federal e está convocando a categoria para a construção de mobilização em defesa da democracia. Vivenciamos uma situação dramática de ataques aos serviços e servidores públicos e precisamos mover a roda da história. Envidaremos todos os esforços junto à comunidade e à sociedade para deslegitimar esse ato, na defesa intransigente de que reitor eleito tem que ser nomeado.


Pelotas, 07 de janeiro de 2021.


Diretoria ADUFPel


Você também pode acessar ou fazer download da nota clicando aqui

Veja Também

  • relacionada

    Trabalhadores da Eletrobras entram em greve por tempo indeterminado

  • relacionada

    Docente da Unipampa é demitida após denunciar irregularidades em concurso

  • relacionada

    Com agravamento da crise, endividamento das famílias atinge o maior índice em 11 anos

  • relacionada

    Ministério cancelou compra de 14 milhões de testes antígeno em 2021; exame está em falta

  • relacionada

    Atos em Brasília dão início à jornada de lutas rumo à greve geral

  • relacionada

    Fonasefe define agenda de mobilização e servidores terão Dia de Luta nesta terça (18)

Newsletter

Deixe seu e-mail e receba novidades.