ADUFPEL - Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pelotas

Logo e Menu de Navegação

Andes Sindicato Nacional
A- A+

Not��cia

Projeto da UFPel estuda efeitos da Seca e da Covid-19 na Agricultura Familiar

Docentes do Departamento de Ciências Sociais Agrárias (DCSA) da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (FAEM) da UFPel criaram recentemente o Observatório da Problemática da Seca e do Covid-19 na Agricultura Familiar. São divulgados boletins semanais que abordam a situação dos agricultores em meio aos efeitos problemáticos da estiagem e da pandemia. 


A ideia dos participantes é que o Observatório vire um projeto de extensão oficial da universidade. Letícia Paludo Vargas, professora substituta, é uma das idealizadoras. Ela explica que o trabalho vem sendo realizado com o objetivo de manter a universidade ativa durante a suspensão das aulas pela pandemia da Covid-19. 


“As atividades são desenvolvidas através de reuniões semanais virtuais, com alguns professores do DCSA e convidados, onde definimos o que será abordado para a construção do material, e de que maneira iremos coletar os dados. Já realizamos entrevistas com agricultores familiares, extensionistas rurais, secretários de agricultura, prefeitos, consumidores e outros atores envolvidos com a agricultura familiar da Região Sul do Rio Grande do Sul. A partir disso, divulgamos nossas análises e percepções através de informes semanais ou quinzenais via mídias digitais”, comenta.


A Covid-19 foi incluída no estudo porque os docentes perceberam que a pandemia afetou de maneira acentuada os agricultores familiares, principalmente na questão da comercialização dos produtos, já que em alguns municípios da região as feiras foram suspensas por um período, e os agricultores tiveram que encontrar novos canais de comercialização. No segundo boletim do Observatório, foi divulgada uma lista de iniciativas realizadas pelos agricultores para o enfrentamento da crise, com links dos sites e possibilidade de produtos com entrega em domicílio. 


“Além disso, fizemos contato com a própria gestão da UFPel, que já estava se articulando, chamando atenção para a possibilidade de compra dos produtores da região para montar os kits de produtos da agricultura familiar oferecidos aos estudantes. Com relação à análise dos impactos, acreditamos que os agricultores da região já vinham sofrendo com a seca, e a Covid-19 só agravou ainda mais a situação”, completa Letícia Vargas. 


Importância para a sociedade

O Observatório aborda questões referentes à produção, à comercialização, ao acesso e ao consumo de alimentos. “Todas essas dimensões estão sendo avaliadas, relacionadas ao contexto atual (pandemia e seca) e podem contribuir para uma melhor compreensão dos gestores públicos na definição e construção de políticas públicas e informação da população sobre o que comer, onde comprar, etc”, afirma Letícia.


“A ideia aqui é estabelecer ações práticas, que possibilitem o engajamento e solidariedade com a luta dos agricultores familiares, já que, percebemos que as políticas públicas voltadas à categoria, especialmente no atual contexto, estão desarticuladas”, completa a docente da UFPel. 


O Observatório também pretende divulgar o que vem sendo desenvolvido pelos agricultores familiares, de que maneira estão se organizando, como estão vendendo seus produtos, quais os canais de comercialização, etc. E assim, sugerindo ações e divulgando nos informes semanais quais as possibilidades para o meio rural no atual contexto.


Assessoria ADUFPel com imagem de EFASUL. Texto originalmente publicado no Jornal Voz Docente

Veja Também

  • relacionada

    Brasil perdeu ao menos 800 bibliotecas públicas entre 2015 e 2020

  • relacionada

    Estudantes da USP protestam por melhores condições de moradia e por mais docentes

  • relacionada

    Faculdade de Educação da UFPel luta contra a precarização do trabalho e presta solidarieda...

  • relacionada

    ADUFPel convoca Assembleia Geral Permanente para terça-feira (27)

  • relacionada

    Senado deve votar nesta quinta (22) MP que prorroga adesão ao Funpresp

  • relacionada

    Estratégias de defesa da política de cotas e de enfrentamento ao racismo são temas de pain...

Newsletter

Deixe seu e-mail e receba novidades.