ADUFPEL - Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pelotas

Logo e Menu de Navegação

Andes Sindicato Nacional
A- A+

Not��cia

Em reunião dos Setores do ANDES-SN, docentes relatam pressão por EaD em todo o país

Em reunião conjunta dos Setores das Instituições Federais (Ifes) e das Estaduais e Municipais (Iees/Imes) do ANDES-SN, realizada virtualmente nesta quinta-feira (2), representantes das seções sindicais e da direção nacional debateram conjuntura, Ensino à Distância (EaD), trabalho remoto e a realização de assembleias online. 


Os docentes alertaram, principalmente, sobre a pressão que está ocorrendo nas universidades e institutos para a implementação de EaD e trabalho remoto. Segundo a presidente da ADUFPel, Celeste Pereira, que representou a entidade na reunião, “a imensa maioria afirma estar sendo pressionada e algumas obrigadas”. 


Diante da situação relatada, foi reafirmada, pelos presentes, contrariedade à essa forma de precarização da educação e do trabalho docente, que fragiliza o processo de ensino-aprendizagem e contribui para o aumento das desigualdades porque não garante o acesso a todos. “Significa a implantação de um projeto para educação aproveitando o processo pandêmico”, salienta. 


Assembleias online

Outro ponto de pauta envolveu o debate em torno das Assembleias Gerais (AGs) online. Ao compreender o caráter de excepcionalidade e a necessidade de preservar os princípios do Sindicato Nacional, de construção pela base, foi encaminhada a realização de AGs virtuais, amparada na Lei 14.010/2020


A Lei institui normas de caráter transitório e emergencial para a regulação de relações jurídicas de Direito Privado em virtude da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Em seu artigo 5º, permite a realização de Assembleia Geral por meios eletrônicos. 


De acordo com Celeste, é fundamental “buscar manter o máximo dos princípios democráticos já previstos para o modo presencial. Também, parece necessário manter a mobilização da categoria neste momento de isolamento social, que não tem prazo previsto de término”. Porém, a docente relata que ainda há diversas preocupações de como garantir segurança e fazer as votações. 


Conjuntura e demais assuntos

Os representantes da seções sindicais e da diretoria nacional pautaram, também, outros assuntos relacionados à conjuntura, entre eles o crescimento da pandemia, as ações do governo federal que colocam os servidores públicos como principais alvos dos ataques, a ampliação das parcerias com a iniciativa privada e o recente lançamento de diretrizes sobre o retorno às atividades presenciais nas Instituições Federais de Ensino


Além disso, foram apresentados informes sobre as orientações da CSP-Conlutas para adesão à Jornada de Lutas que acontecerá entre 10 e 12 de julho e tem como eixos: em defesa da vida; quarentena geral em defesa da vida e dos direitos dos trabalhadores; fora Bolsonaro e Mourão. E, foi informada a convocação do 8? CONAD Extraordinário para os dias 30 e 31 de julho. 


Assessoria ADUFPel

Foto: Freepik



Veja Também

  • relacionada

    Bolsonaro diz que não tem como manter pagamento do Auxílio Emergencial por muito tempo

  • relacionada

    ADUFPel e UFPel doam materiais para recicladoras

  • relacionada

    Como a Desinformação é usada para gerar ganhos políticos e econômicos

  • relacionada

    Israel fracassa ao permitir reabertura de escolas durante a pandemia e encara novo surto d...

  • relacionada

    7 de agosto será Dia de Luto e Luta em todo país

  • relacionada

    De forma genérica, Rodrigo Maia quer 'modernizar' o SUS

Newsletter

Deixe seu e-mail e receba novidades.